A história de Thiago - Por Felipe Freitas - Bullying e cyberbullying


Thiago Mendes ,16 anos, estudava em uma escola no centro de Curitiba , era um menino que vinha do Norte do Estado para estudar na capital devido ao ganho de uma bolsa para ele estudar em um dos melhores Colégios do Paraná.

Ele ficou surpreso com tamanha estrutura do colégio , e no começo foi tudo bom, até fez alguns amigos , mas depois que começou a ter intimidades em brincadeiras de mal gosto, feitas com colegas, ele sempre era o que se dava mal e sempre saía machucado ou sempre era esculachado pelo grupo . Aos poucos, Thiago foi vendo que não era tão simples fazer amizades verdadeiras na cidade grande e foi cada vez mais se isolando de grupos que faziam piadas ou que faziam chacota ao seu respeito.

Thiago morava com sua avó, Maria Gonçalves Dias, 68 anos,em um apartamento que ela tinha no centro de Curitiba e ele não falava que vinha sendo vítima de Bullying na escola. Foi guardando rancor destas pessoas que  faziam mal a ele, não desabafava com ninguém, e isso o deixava ainda mais frágil e sem ideia de lidar com o problema  que vinha cada vez mais se agravando . Certo dia, Thiago foi ao banheiro em horário de aula e um grupo foi atrás dele , chegando lá o grupo o atacou, deixando-o com machucados em várias partes do corpo. Ele nem voltou para a sala de aula saiu direto do colégio  para o apartamento da avó. Chegando lá  avó percebeu que seu neto estava estranho, chorando e não querendo falar com ninguém. Maria  foi então ao colégio onde seu neto estudava para ver o que estava acontecendo , o diretor do colégio disse que não sabia de nada do que havia acontecido , então Dona Maria (como gostava de ser chamada) pediu para ter uma reunião com os professores de Thiago . Foi então que descobriu que seu neto vinha sendo motivo de piadas no colégio inteiro por causa de suas origens , vindo de família humilde e bolsista então já era o suficiente para os “colegas” o agredirem tanto verbalmente  quanto  fisicamente .

Dona Maria tentou ajudar de todas as formas, mas não sabia lidar muito bem com o problema, pois ela, como ele era de família humilde, com pouca escolaridade, não sabia que tinha direitos sobre o fato que estava acontecendo . A convivência de Thiago piorou ainda mais depois que sua avó foi ao colégio se queixar sobre o que estava ocorrendo, foi mais um motivo para ser zoado pelos seus colegas . Thiago não estava mais suportando os ataques de grupos , isso já estava afetando seus estudos e sua saúde , pois ele não se alimentava direito e não dormia o suficiente .Com isso ele já estava fraco fisicamente e psicologicamente , e como antídoto para seus problemas , começou a usar drogas e decidiu que iria mudar o rumo de sua vida , deixando os estudos de lado e arrumando um emprego para sustentar seu vício . Isso não deu muito certo, pois seu vício começou ser cada vez maior e com inúmeras faltas não justificadas no seu serviço foi demitido por justa causa , sem direito a nada, então começou à praticar pequenos furtos em lojas locais, para se sustentar , já não morava mais com sua avó e sim na rua com usuários de crack que dormiam em qualquer lugar. Thiago foi então praticar um assalto na capital em uma loja de conveniência de um posto de combustíveis, quando foi surpreendido por um segurança que o rendeu apontando uma arma em sua cabeça, Thiago, sobre efeito de drogas, tentou reagir e levou um tiro na testa sendo assassinado na hora.

Thiago desapontou toda sua família, e foi desapontado por seus colegas, então fica a reflexão será que foi uma boa escolha Thiago ter se mudado para a capital do Estado? 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exercícios de Interpretação de texto

Higiene Pessoal - INTRODUÇÃO