Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Frase

Imagem

Pronomes ''o'' e ''lhe'' empregam-se em situações diversas

Por Thaís Nicoleti Não são poucos os que fazem confusão na hora de usar os pronomes átonos. O problema é comum entre as formas de terceira pessoa (do singular e do plural), cujo correto uso depende do conhecimento da regência dos verbos. Os verbos transitivos diretos têm como complemento as formas o, a, os, as, e os transitivos indiretos que regem a preposição “a” requerem as formas lheou lhes. Verbos transitivos diretos são os que exigem como complemento um termo não preposicionado (fazer algo, comprar algo, saber algo, estimular algo, fomentar algo, ilustrar algo etc.); verbos transitivos indiretos têm como complemento um termo preposicionado (pertencer a algo, gostar de algo, conversar com alguém etc.).   Os transitivos diretos sempre têm seu complemento permutável por uma forma átona (fazê-lo, comprá-lo, sabê-lo, estimulá-lo, fomentá-lo, ilustrá-loetc.), o que nem sempre ocorre com os indiretos. O complemento indireto substituível por “lhe” é o que se inicia pelo “a” (a ele = lhe, a e…

3A - aula 5 - Verbos abundantes

VERBOS ABUNDANTES são aqueles que permitem duas formas do particípio/passado. Uma é regular, terminado em ADA, ADO, IDA, IDO e a outra irregular.
A regra de uso é:
verbos regulares use-se com verbos auxiliares haver e ter. Verbos irregulares use-se com verbos auxiliares ser e estar.
Assim temos,
Ele tinha aceitado. Ele havia aceitado.
Ele foi aceito Ele está aceito.
Algo que complica um pouco a compreensão e o uso disso é que nem todos os verbos possuem dois particípios. Alguns são usados incorretamente.
Exemplos:  Ganhado, pagado, gastado, abrido, escrevido. São regulares que não existem.
Chego, empregue. São irregulares que não existem.
Ou seja, o particípio/passado de abrir é aberto e não abrido.
Segue uma pequena lista de verbos que só aceitam um particípio/passado.
Abrir abertoChegar  chegadocobrircobertoDizer  ditoEmpregar empregueEscrever escritoFazer  feitoGanhar  ganhoGastar  gastoPagar  pagoPorpostoTrazer  trazidoVer visto

3A - Aula 5 - Modo Imperativo

Imagem
MODO IMPERATIVO
Expressa ordem, pedido, suplica, apelo, conselho ou algo semelhante.
Sendo assim não apresenta conjugação na primeira pessoa do singular - eu - pois não mandamos ou pedimos algo a nós mesmos. Bem, como não pedimos ou não mandamos em alguém que não temos contato, assim não usamos o ele, ela, eles e elas. As conjugações são feitas nessas pessoas porque são usadas com você é vocês.
O modo imperativo apresenta duas formas: negativo e afirmativo e a forma de conjugar é diferente.
FORMAÇÃO DO IMPERATIVO
Eu gostei muito de uma explicação que vi no YouTube. Assistam vocês!
clique aqui FORMAÇÃO DO IMPERATIVO COM VERBOS REGULARES
Não esqueçam vocês de que a conjugação do verbo ser na segunda pessoa singular e plural, portanto tu e vós, é irregular, fica assim:
Sê tu Sede vós
E não És tu - indicativo Sois vós - indicativo
Não esqueçam também que os verbos fazer, dizer e trazer aceitam duas formas para a segunda forma: Faze tu / faz tu Dize tu / diz tu Traze tu / traz tu


2A - aula 4 - Verbos 1 - Parte 2

Imagem
A CONJUGAÇÃO VERBAL
Conjugar um verbo significa expressá-lo em todas as formas que ele possui, ou seja, apresenta em todas as pessoas (eu, tu, você, ele, ela, nós, vós, vocês, eles, elas) , todos os tempos (passado, presente, futuro), modos (indicativo, subjuntivo, imperativo) e formas nominais (gerúndio, infinitivo, particípio).
Há verbos regulares e irregulares. A maior parte dos nossos verbos são regulares. Estes seguem um padrão de conjugação e possuem o mesmo radical (eu vendo, tu vendes, eles vendem) São três:
1ª conjugação termina com AR no infinitivo: andar, amar, contar, falar,  beijar. 2ª conjugação termina com ER no infinitivo: correr, comer,  querer, meter. 3ª conjugação termina com IR no infinitivo: abrir, fingir, dormir, sorrir, partir, vestir.
Já os verbos irregulares são os que apresentam pequenas alterações em seu radical: eu faço, tu fazes, ele faz ou as terminações/desinências: Eu estou, tu estás (observe que o radical est permanece igual, mas a terminação muda). Os verbo…