Exercícios #1 - Língua Portuguesa (Enem/Vestibular)

UENP-2011

Texto IV - Para as questões de 14 a 17. 

Entrei numa lida muito dificultosa. Martírio sem fim o não entender nadinha do que vinha nos livros e do que o mestre Frederico falava. Estranheza colosso me cegava e me punha tonto. Acho bem que foi desse tempo o mal que me acompanha até hoje de ser recanteado e meio mocorongo. Com os meus em casa, conversava por trinta, tinha ladineza e entendimento. Na rua e na escola – nada; era completamente afrásico. As pessoas eram bichos do outro mundo que temperavam um palavreado grego de tudo. Já sabia ajuntar as sílabas e ler por cima toda coisa, mas descrencei e perdi a influência de ir à escola, porque diante dos escritos que o mestre me passava e das lições marcadas nos livros, fiquei sendo um quarta-feira de marca maior. Alívio bom era quando chegava em casa. Os meninos que arrumei para meus companheiros eram todos filhos de baiano. Conversavam muito diferente do que estava escrito nos livros e mais diferente ainda da gente de minha parentalha. Custei a danar a aprender a linguagem deles e aqueles trancas não quiseram aprender a minha. Faziam era caçoar. Nestes casos, por exemplo: eu falava “sungar”, os meninos da rua falavam “arribar”, e mestre Frederico dizia “erguer”. Em tudo o mais era um angu-de-caroço que avemaria. 

Carmo Bernardes. Rememórias Dois. Goiânia: Leal, 1969, p.18.  

14. O texto acima é um trecho do livro Rememória Dois de um grande escritor regionalista goiano. Muitas palavras utilizadas pertencem ao léxico da região Centro-Oeste, onde o autor foi criado. A partir da leitura do texto considere as afirmativas abaixo:

 I. O texto reflete a riqueza cultural linguística da região de Goiás. 
II. O autor narra a experiência negativa dos seus primeiros dias em sala de aula. 
III. O texto apresenta variações linguísticas entre o Brasil urbano e o Brasil rural. 
IV. No texto há muitas expressões que ocorrem apenas na língua oral. 

Estão corretas as afirmativas:
a) Apenas I e II 
b) Apenas I, II e III 
c) Apenas II e III 
d) Apenas I, II e IV 
e) Todas 

15. Assinale a alternativa correta em relação à personagem/menino. 

a) A pressão comunicativa era grande no meio familiar, o que o obrigou a “conversar por trinta”. 
b) Por não conseguir ler e escrever, perdeu o interesse de ir à escola. 
c) O menino percebeu que só o professor utilizava a forma culta da língua, os demais alunos faziam o mesmo uso da língua que ele. 
d) O uso formal da língua utilizado pelo professor desencadeou no menino, em sala de aula, insegurança linguística. 
e) “Tudo mais era um angu-de caroço que avemaria”, com essa afirmativa o menino quis mostrar que os alunos faziam muita bagunça na sala de aula. 

16. Na afirmação “...mas descrencei e perdi a influência de ir à escola”, sabendo que “descrencei” vem do verbo “descrer” e que “influência” é o mesmo que “entusiasmar” o autor quis dizer que:

a) Desaprendeu o que havia aprendido na escola. 
b) Perdeu a fluência no uso da língua. 
c) Perdeu o interesse e o entusiasmo pela escola. 
d) Não acreditava que a influência do professor o faria permanecer na escola. 
e) Não acreditava que a escola poderia influenciá-lo. 

17. Considere as afirmativas abaixo sobre a formação morfológica das palavras “lida” e “ladineza”. 

I. Em “lida” ocorre o processo de derivação regressiva. 
II. Em “ladineza” ocorre um processo de derivação sufixal.
III. “Lida” é derivado do verbo “lidar” e “ladineza”do verbo “ladear”.
IV. As duas palavras, no texto, aparecem como substantivos. 

Estão corretas as afirmativas: 
a) Apenas I e II 
b) Apenas I, II e IV 
c) Apenas I, III e IV 
d) Apenas II e IV 
e) Todas


Gabarito:
>
>
>
>
>
14) E
15) D
16) C
17) B

Ficou com dúvidas? Envie um e-mail para j.padua.letras@gmail.com e converse comigo !

Tudo de bom !
Profª Julie de Pádua Romão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exercícios de Interpretação de texto

Atividade - bullying e cyberbullying